Certificação Florestal

Certificação Gestão Florestal

A SATIVA desenvolve serviços de certificação da Gestão Florestal e da Cadeia de Custódia, para os referenciais Forest Stewardship Council ® (FSC®) e Programme for the Endorsement of Forest Certification (PEFC™).

             

A certificação é sempre um processo voluntário que poderá beneficiar o operador ao trazer uma mais-valia a um sistema ou a um produto. A verificação do cumprimento das especificações do referencial tem de ser efetuada de forma independente, através de uma entidade certificadora como a SATIVA.

ETAPAS DO SISTEMA DE CERTIFICAÇÃO

1. O operador preenche um formulário de adesão.
2. O operador recebe uma proposta para a certificação. Esta proposta é para um ciclo de certificação e inclui a opção de uma pré-auditoria.
3. É assinado um contrato entre o operador, a Soil Association Certification Ltd e a SATIVA.
4. É efectuada a pré-auditoria (se solicitada ou caso seja requerido pelo sistema).
5. Promove-se a consulta pública às partes interessadas (quando aplicável).
6. Realiza-se a auditoria principal.
7. É efectuado um relatório e uma revisão do todo o processo.
8. É disponibilizado o relatório ou um resumo do processo de certificação (quando aplicável).
9. Há auditorias anuais de acompanhamento.

Alterações de âmbito (extensão ou redução do âmbito de certificação a novos membros, produtos ou áreas).

A formalização das alterações deve ser enviada por escrito. A extensão pode originar a necessidade de uma nova auditoria ou pode ser conjugada com a auditoria anual.

INFORMAÇÕES

Referencial FSC

A SATIVA representa o Programa de Certificação do FSC da Soil Association Certification Ltd na Região Mediterrânica. A Soil Association está acreditada pelo FSC desde 1996, para realizar a certificação mundial da gestão florestal responsável, de florestas e espaços arborizados, e seus produtos após processamento industrial.

A SATIVA, com a experiência que possui em auditorias e certificação, assegura a fiabilidade das auditorias necessárias ao sistema de certificação da Soil Association nos países onde actua.

 


 

Referencial PEFC

A SATIVA obteve acreditação pelo IPAC (Instituto Português de Acreditação) para a certificação de Sistemas de Gestão no âmbito do Referencial PEFC Portugal para Sistemas de Gestão Florestal Sustentável (Nº A0018).

A obtenção desta acreditação permite à SATIVA desenvolver actividades de certificação em Sistemas de Gestão Florestal, respondendo desta forma às necessidades dos seus clientes, permitindo também demonstrar a qualidade e credibilidade dos serviços prestados.

A acreditação obtida fornece à SATIVA a capacidade para certificar Sistemas de Gestão Florestal ao nível regional, de grupo e individual permitindo assim o crescimento da sua actividade de certificação. A extensão para este tipo de acreditação é uma vez mais uma forma de responder ao pedido dos seus clientes.

Para a certificação de cadeia de custódia segundo o referencial PEFC, a SATIVA também trabalha em parceria com a Soil Association Certification Ltd (PEFC/16-44-917), cujos sistemas são acreditados pelo United Kingdom Accreditation Service (UKAS).

Relativamente aos serviços de certificação prestados pela SATIVA nos esquemas do FSC e PEFC (neste último caso apenas para cadeia de custódia), em nome da Soil Association Certification Limited, existe um Procedimento de Resolução de Reclamações e Recursos disponível no site da Soil Association.

Para formalização da adesão a estes serviços, existe disponível o contrato da Soil Association.

 

Funcionamento

O que significa a Certificação da Gestão Florestal

A Certificação Florestal é uma ferramenta que permite aos produtores florestais evidenciar ao consumidor que os seus produtos são provenientes de florestas geridas de forma responsável. A certificação permite usar um logótipo no processo de venda de produtos provenientes da floresta, evidenciando ao consumidor que estes produtos são provenientes de florestas onde se pratica uma gestão ecologicamente adequada, socialmente benéfica e economicamente viável.

A crescente procura de produtos florestais certificados no mercado deve-se ao facto dos consumidores exigirem cada vez mais uma garantia de que esses mesmos produtos foram produzidos de acordo com práticas de gestão sustentável, garantia essa que é fornecida através do cumprimento de uma “Norma de Gestão Florestal”, composta por um conjunto de requisitos pré-definidos.

A quem se aplica

A Certificação da Gestão Florestal aplica-se a todos os proprietários/gestores de áreas florestais, que de forma voluntária pretendam evidenciar as boas práticas de gestão implementadas na Unidade de Gestão Florestal por si gerida, principalmente a clientes da indústria transformadora que pretendam comprar matérias-primas certificadas.

A certificação da gestão florestal pode ocorrer em mais diversos tipos de florestas (mediterrâneas, tropicais, privadas, públicas, comunitárias, florestas naturais ou plantações) e em diferentes realidades de gestão e estrutura (latifúndio e minifúndio, certificação individual de propriedades, certificação de grupo).

O que se pode certificar

Em termos práticos, todos os produtos florestais, lenhosos e não lenhosos, podem ser certificados. A totalidade da área candidata a certificação deve ser avaliada de acordo com a “Norma de Gestão Florestal”, para poder obter o certificado da gestão florestal, que abrange a certificação dos produtos.

Atualmente a SATIVA já certificou uma ampla gama de produtos florestais, tanto produtos lenhosos (exemplo da madeira, lenha, carvão), como produtos não lenhosos (exemplo da cortiça e do pinha).

Alterações de âmbito (extensão ou redução do âmbito de certificação a novos membros, produtos ou áreas).

A formalização das alterações deve ser enviada por escrito. A extensão pode originar a necessidade de uma nova auditoria ou pode ser conjugada com a auditoria anual.

As Normas utilizadas para a Certificação da Gestão Florestal

Em função do tipo do âmbito do certificado, são aplicáveis normas distintas. De seguida é apresentada uma lista das normas em uso pela SATIVA, as quais se encontram disponíveis através do site da Soil Association , ou dos sites dos respectivos esquemas de certificação:

– FSC:

Página do FSC Internacional

Página do FSC Portugal

  • Princípios e Critérios da Gestão Florestal Responsável do Forest Stewardship Council:

Norma FSC de Gestão Florestal para Portugal, FSC-STD-PRT-01-2012 Portugal plantations and Natural EN (versão Inglesa), FSC-STD-PRT-01-2012 Plantações e Florestas Naturais Portugal PT (versão Portuguesa) e Norma de Gestão Florestal para Portugal, FSC-STD-PRT-01 2016 Portuguese all scope PT.

  • Norma de Certificação de Grupo (ref: FSC-STD-30-005)
  • Norma de Certificação Multi-sítio (ref: FSC-STD-20-007)
  • FSC-POL-20-002 Policy on Particial Certification – Aplicável para casos de certificação parcial. Será necessário a identificação de todas as áreas próprias ou geridas que se encontram fora do âmbito de certificação.
  • FSC-STD-01-004 Policy for Association – Aplicável a todos os detentores de certificado FSC
  • FSC-STD-50-001 FSC Trademark requirements for certificate holders – Aplicável a todos os detentores de certificado FSC que utilizem as marcas FSC.
  • FSC-POL-20-005 AAF Policy – Aplicável a todos os detentores de certificado FSC, descrevendo as taxas requeridas pelo esquema.

 

– PEFC:

Página do PEFC Portugal

  • Norma Portuguesa NP 4406:2014 – Sistemas de Gestão Florestal Sustentável. Aplicação dos critérios pan-europeus para a gestão florestal sustentável.

A norma é única existindo num anexo da mesma, os requisitos específicos a serem aplicados ao nível da certificação individual, de grupo ou regional.

Nota: A Norma Portuguesa NP 4406:2014 pode ser adquirida no Instituto Português da Qualidade (IPQ).

  • PEFC ST 2001:2008 Utilização do Logotipo PEFC – Aplicável a todos os detentores de certificado PEFC que utilizem as marcas PEFC. Existem ainda outros documentos de apoio disponíveis na página do PEFC Portugal.

Relativamente às taxas inerentes a este esquema de certificação, a sua informação encontra-se disponível aqui.

Pedido de orçamento – Certificação da Gestão Florestal

Para aderir ao sistema de auditoria da SATIVA, deverá preencher a ficha de inscrição relativa ao tipo de certificação que pretende (FSC e/ou PEFC). Após o seu preenchimento e devolução, a SATIVA apresentará um orçamento que permitirá, em caso de aceitação, a assinatura de um contrato e o início do processo.

A proposta para Certificação da Gestão Florestal é para um ciclo de certificação de 5 anos (FSC) ou 3 anos (PEFC), incluindo a Auditoria de Concessão e Auditorias de acompanhamento anuais.

A proposta poderá incluir a opção de uma Pré-auditoria, ou uma Pré-Auditoria Participativa.

Operadores – Certificação da Gestão Florestal

Lista de Operadores FSC

A Lista de entidades certificadas encontra-se disponível no site do FSC.

Poderá consultar todos os certificados emitidos pela Soil Association a nível mundial ou por país, escolhendo nas opções do código de certificado SA-FM/COC. A parceria com a SATIVA reflete-se nos certificados emitidos para Portugal e Espanha. 

Lista de Operadores PEFC

A apresentação desta lista não dispensa a apresentação de um certificado válido e/ou a consulta da SATIVA para informação formal sobre os operadores.

Clique aqui para visualizar a lista de operadores PEFC

Resumo Público de Certificação da Portucel Soporcel

Resumo Público de Certificação da ACHAR – Associação de Agricultores de Charneca

Resumo Público de Certificação da ACFPIN – Associação para a Certificação Florestal do Pinhal Interior Norte

Resumo Público de Certificação da AFLOESTE – Associação Interprofissional da Floresta do Oeste

Resumo Público de Certificação da VALBOPAN Fibras de Madeira, S.A

Resumo Público de Certificação da Bioflorestal, S.A

 

Certificação da Cadeia de Custódia

O que significa a Certificação da Cadeia de Custódia

A Certificação da Cadeia de Custódia é um sistema que permite rastrear produtos com origem numa floresta certificada, durante o processo de transformação até o consumidor final. A verificação desta cadeia permite vender os produtos com um selo do esquema de certificação, quer FSC quer PEFC.

Um certificado de Cadeia de Custódia fornece a garantia de que a empresa detentora do certificado possui procedimentos que asseguram que os produtos vendidos como certificados são provenientes de florestas certificadas e que todas as alegações a esses produtos são verdadeiras e corretas.

A quem se aplica

A Certificação da Cadeia de Custódia aplica-se a todos as empresas que tenham como atividade o abate/colheita, manuseamento, processamento ou transformação de produtos provenientes da floresta, tanto lenhosos, como não lenhosos, que pretendam evidenciar que os produtos vendidos na sua atividade são compostos por matéria-prima certificada.

A Certificação da Cadeia de Custódia em Portugal tem aumentado, em variadas áreas de negócio. Existem entidades certificadas, desde o sector dos prestadores de serviços ao nível da colheita de produtos na floresta, fábricas transformadores de variados produtos (papel, serrações, corticeiras, mobiliário, gráficas, etc), a intermediários (onde não há transformação do produto).

Quem se pode certificar

Em termos práticos, todas as empresas que manuseiam produtos florestais, lenhosos e não lenhosos, podem ser certificados pela norma da Cadeia de Custódia.

Produtos Certificados

Existe no mercado um vasto conjunto de produtos certificados, como madeira e seus derivados, papel, rolhas de cortiça, livros e revistas impressos em material certificado, ferramentas de jardinagem, carvão, elementos de casas (janelas, portas, rodapés), etc.

As Normas utilizadas para a Certificação da Cadeia de Custódia

– FSC:

Página do FSC Internacional

  • FSC-STD-40-004 Certificação Cadeia de Custódia
  • FSC-STD-40-003 Certificação de Cadeia de Custódia de Múltiplos Sites (para Certificação de grupo e multi-sítio)
  • FSC-STD-40-005 Norma para a Avaliação de Madeira Controlada FSC por Empresas
  • FSC-STD-40-007 Sourcing Reclaimed Materials
  • FSC-STD-50-001 FSC Trademark requirements for certificate holders – Aplicável a todos os detentores de certificado FSC que utilizem as marcas FSC.
  • FSC-POL-20-005 AAF Policy – Aplicável a todos os detentores de certificado FSC, descrevendo as taxas requeridas pelo esquema.

 

– PEFC:

Página do PEFC Portugal

  • PEFC Council, PEFC ST 2002:2013: Cadeia de Responsabilidade de Produtos de Base Florestal
  • PEFC ST 2001:2008 Utilização do Logotipo PEFC – Aplicável a todos os detentores de certificado PEFC que utilizem as marcas PEFC. Existem ainda outros documentos de apoio disponíveis na página do PEFC Portugal.

Relativamente às taxas inerentes a este esquema de certificação, a sua informação encontra-se disponível aqui.  

Certificação de projetos

A certificação de projeto baseia-se na norma para a certificação da cadeia de custódia (FSC e PEFC) e pretende possibilitar o acesso do sector da construção à certificação através de um conjunto de requisitos para o abastecimento de matérias-primas florestais certificadas para utilização num determinado projeto.

Exemplos de “projetos” que podiam ser certificados:

  • Uma nova construção, por exemplo um hotel, lar ou escola;
  • Uma renovação, de um edifício ou de parte deste;
  • Produção de um único objeto ou conjunto de objetos (parecidos ou relacionados), por exemplo um barco
  • Obras de engenharia civil, por exemplo uma ponte;
  • Montagem de eventos, como feiras ou festivais, por exemplo os jogos olímpicos.

Este tipo de certificação tem como vantagem englobar as entidades contratados e subcontratados a trabalhar no projeto, sem a necessidade na maioria dos casos, que cada um tenha uma certificação individual segundo a norma da cadeia de custódia. Existem opções para certificação completa, em que uma certa percentagem de material certificado seja utilizada, ou para a certificação parcial, por exemplo, para cobrir o revestimento de madeira ou de um pavimento desportivo. Uma auditoria inicial irá verificar que bons sistemas estão no local para controlar as entregas de madeira e uma auditoria final deverá confirmar o cumprimento.

Para mais informações contacte-nos.

Outros serviços

  • Auditorias de segunda parte: A SATIVA pode realizar auditorias a fornecedores em todos sectores da fileira florestal, demonstrando o cumprimento das exigências que pretenda. Contacte-nos para mais informações.
  • Formação: A SATIVA tem desenvolvido várias atividades de formação, em parceria com diversas entidades, como forma de responder às necessidades que surgem a quem pretende obter certificação, quer ao nível da gestão florestal, como também em cadeia de custódia. 

Exemplos de cursos realizados:

  • Cursos de formação de certificação Gestão Florestal e Certificação de Cadeia de Custódia FSC e PEFC.
  • Curso de Formação: “Monitorização e Planos de Gestão para a Conservação da Biodiversidade”. Este curso foi organizado pela SATIVA, em parceria com a AMBIODIV. Este curso foi dirigido a para técnicos e gestores florestais que estão ou serão responsáveis em processos de certificação florestal, e o objectivo do curso foi fornecer conhecimentos sobre as questões da conservação da natureza na actividade florestal, assim como desenvolver metodologias e técnicas a serem aplicadas na sua realidade profissional.
  • Curso de formação modular Gestão Florestal Sustentável e Certificação Florestal. Curso organizado pela SATIVA, em parceria com a FPFP, dirigido a técnicos e gestores florestais responsáveis em processos de certificação florestal. O objectivo foi fornecer maiores conhecimentos aos formandos para a implementação das Normas/requisitos, de forma modular de acordo com os interesses profissionais.
  • Encontros técnicos

Pedido de orçamento – Certificação da Cadeia de Custódia

Para aderir ao sistema de auditoria da SATIVA, deverá preencher a ficha de inscrição relativa ao tipo de certificação que pretende (FSC e/ou PEFC). Após o seu preenchimento e devolução, a SATIVA apresentará um orçamento que permitirá, em caso de aceitação, a assinatura de um contrato e o início do processo.

A proposta para Certificação da Cadeia de Custódia é para um ciclo de certificação de 5 anos para ambos os referenciais, FSC e PEFC, incluindo a Auditoria de Concessão e Auditorias de acompanhamento anuais.

 A proposta poderá incluir a opção de uma Pré-auditoria, ou uma Pré-Auditoria Participativa.